segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Veni, vidi, vici

Tudo que precisava ser feito foi feito. Não como eu queria, mas do jeito que eu queria. Quem nascer pra vencer vai vencer até quando tudo diz que não. Já disse que eu nasci pra vence? Já disse. Dessa vez estava cercado de amigos, irmãos e de quem eu admiro. Claro não podia fazer feio e não fiz.

Não é só o perdedor que chora, o vencedor também chora. Só que suas lagrimas são mais doces. Doce como chocolate, doce com o amor, doce como todos os bons sentimentos de vitória, apenas doce. 5 minutos para descanso, ah nem, valeu do jeito que foi. Sofrido, difícil, pesado, no ultimo minuto que sempre foi todas as conquistas. Como sempre foi o ano inteiro, só quem tava lá pra saber. Só quem é e deu forças tava lá o resto num chega nem perto.

Campeão, Vencedor, como cantou a Jamille. É ser tudo isso e nem se importa com que digam. Obrigado Don’t Stop vc’s foram família. Obrigado aos amigos que lá estavam vc’s são 10. Veni, vidi, vici – vim, vi e venci e na moral se fosse pra ser só mais um eu ficava em casa.

3 comentários:

Guilherme disse...

Concerteza, se fosse pra ficar em casa, eu tbm ñ teria me abalado. Um abraço vencedor!

Emilly disse...

Vitooorioosos!!!

Guerreiros do hoje. Vocês fizeram valer, e fizeram brilhantemente.
E o melhor é que ... esse caminho brilhante vcs só começaram a ilustrar... tenho certeza que vem mto mais por ai.

Meus prodígios ♥

GABRIELA disse...

É isso mesmo!....
Vc é um vencedor!.... Vcs merecem as conquistas q estão recebendo!...
As pedras q encontramos no caminho devem ser recolhidas para q no final possamos fazer nosso castelo através delas...
Só passando por desafios q no final conquistamos o sucesso!... Tenho ctza q vc vai brilhar miojinho!!!...da sua SEMPRE amiga gabes