sexta-feira, 30 de maio de 2008

O azarado

Por que certas coisas no mundo dão errado. Por que tinha que dá, né camarada. Não adianta falar que estão fazendo trabalho para vc, e que existe um complô contra vc só por que vc não tem um mínimo de sorte.

Não venha também falar que só acontece com vc, por que todo mundo tem um poko de zica mais ninguém reclama tanto quanto vc. Desculpa ai amigão, mas vc já ta enchendo o saco. Se respeite e tome uma atitude, mas vá com calma, por que do jeito que vc é vai acabar se arrependendo e dizendo que a culpa é do mundo.

quinta-feira, 29 de maio de 2008

Lugar nenhum e a outra arte

Exposição boa é de arte morta. Arte boa foi o que eu fiz. Mudar o mundo é o que as pessoas falam, mas não agem. Mudar pra que também, a ignorância ainda controla as pessoas. Onde as pessoas expõem grandes quadros? Em lugares que chamam a atenção, mas os quadros são tão feios e sem razão. Ai vem uma pessoa e fala que aquilo é arte moderna. Por favor, né, comigo não!

Qual o efeito que isso traz sobre os compradores, será que eles compram pelo valor, que o faz se tornar altamente cobiçado? O melhor quadro de verdade é o Grito. Imagine aquele quadro na sua casa, em uma noite fria, com as luzes apagadas, só a claridade da lua iluminando o quadro. Parece até sombrio e desesperado, mas isso é arte. Estrada de Ferro Central do Brasil também é um quadro bonito, vc teria em casa? Talvez não, só por que brasileiro vc preferiria um Van Gogh, que de bonito só tem as falhas da sua vida, e ainda si disparou um tiro contra o próprio peito e foi morrer dois dias depois.

Por que não compra um quadro de John Wayne Gacy, ele pintava belissímos quadros infantis, mas não era pintor. Sua arte era outra, a mesma de Ted Bundy que foi o melhor no que fazia, mas não tão cobissada assim foi sua arte. Procure por ele no wikipédia. Verá que arte boa é arte morta.

Lugar nenhum e a arte outra

Exposição boa é de arte morta. Arte boa foi o que eu fiz. Mudar o mundo é o que as pessoas falam, mas não agem. Mudar pra que também, a ignorância ainda controla as pessoas. Onde as pessoas expõem grandes quadros? Em lugares que chamam a atenção, mas os quadros são tão feios e sem razão. Ai vem uma pessoa e fala que aquilo é arte moderna. Por favor, né, comigo não!


Qual o efeito que isso traz sobre os compradores, será que eles compram pelo valor, que o faz se tornar altamente cobiçado? O melhor quadro de verdade é o Grito. Imagine aquele quadro na sua casa, em uma noite fria, com as luzes apagadas, só a claridade da lua iluminando o quadro. Parece até sombrio e desesperado, mas isso é arte.Estrada de Ferro Central do Brasil também é um quadro bonito, vc teria em casa? Talvez não, só por que brasileiro vc preferiria um Van Gogh, que de bonito só tem as falhas da sua vida, e ainda si disparou um tiro contra o próprio peito e foi morrer dois dias depois.


Por que não compra um quadro de John Wayne Gacy, ele pintava belissímos quadros infantis, mas não era pintor. Sua arte era outra, a mesma de Ted Bundy que foi o melhor no que fazia, mas não tão cobissada assimfoi sua arte. Procure por ele no wikipédia. Verá que arte boa é arte morta.

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Planos para longo prazo

Não adianta projetar planos para longo prazo por que nunca dão certo. Percebi isso recentemente quando encontrei um amigo que tinha feito curso de marcenaria comigo. Nos formamos a dois anos e todos nós dizíamos que iríamos ser marceneiros, e a maioria ia trabalhar na sayerlack ( que para nós era o top do top ). Mais de dois anos sem se falar, só pelo santo msn, eu encontrei com ele e começamos a conversar.

Foi bom mas percebemos que não adianta falar coisas que irá fazer, vc sempre muda os planos, ou tem que mudar por força bruta da vida. Eu entrei para área de comunicação, ele virou segurança outro trabalha na kallan, outro na marisa, outro numa agencia de viagem e outros eu em sei. Mas eu sei apenas que não se projeta planos para longo prazo.

terça-feira, 27 de maio de 2008

Comum na música, comum na vida

Estava eu essa noite ouvindo o cd da Fernanda Takai ( que é muito bom por acaso ) e na musica com açúcar, com afeto ( de Chico Buarque ) mostra coisas muito comuns no nosso cotidiano, que já estamos mais que acostumados a ver. Como nesse trecho:

No caminho da oficina, há um bar em cada esquina
Pra você comemorar, sei lá o quê
Sei que alguém vai sentar junto, você vai puxar assunto
Discutindo futebol

É muito comum no Brasil , principalmente em Vicente de Carvalho ( para quem mora em Guarujá sabe ) ter um bar em cada esquina, e tem mesmo, ou até um ao lado do outro. Sempre tem alguém lá que estará bebendo comemorando algo pessoal, ou até mesmo de bobeira, e vai encontrar com outra pessoa e vão começar o conversar, provavelmente sobre futebol, é muito comum do brasileiro discutir sobre o futebol ou política ou outros problemas do seu dia - a- dia que ele encara com a maior facilidade. Muito comum isso, com tantas dificuldades ainda temos tempo para comemorar pequenas coisas sem esquentar com as grandes coisas. Se tiverem a oportunidades ouçam o cd de Fernanda Takai- Onde brilhem os olhos seus, é muito bom.

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Sem escrever

Passei muito tempo sem escrever por um simples motivo: perdi totalmente a vontade. Não tinha vontade de escrever e ainda tava escrevendo besteira. A vontade não veio ainda mas eu estou me esforçando, não posso fikar forçando, se a vontade não veio deixa pra lá. Tanta coisa estranha também está acontecendo que nem me importo mais.

quarta-feira, 21 de maio de 2008

Tudo que sobe um dia desce

terça-feira, 20 de maio de 2008

Trabalho duro

Depois de fazer um árduo trabalho, agente só quer saber de relaxar e descansar, mas que nada que liga para o que vc quer quando se é estagiário. Só querem ver sua caveira, passando mais trabalho e fazendo que vc morra atarefado.

Mas, se é estagiário vc não está ali para aprender, ao invés de morrer de trabalhar, perguntas que não existe respostas. Pergunta cretina: Por que não manda um funcionário fazer ao invés de mandar um estagiário arrancar o coro de tanto trabalhar?

Bom foi saber que existiu um “estagiário de Matusalém” (?), Legal hein matusalém, já tirava o coro da molecadinha nas antiguidades. Vou parar de escrever e voltar ao trabalho, senão o Cesar, Ó grande Cesar, vai me castigar.

domingo, 11 de maio de 2008

Para Takai, miss Fernanda

Quem é essa moça, essa mulher que canta diferente. Que tem bela voz, mas procura um trevo de quatro folhas. Pediu para informar que se alguem perguntar, diga que foi por ai, e se houver motivo, diga que sim. Mas quem poderia ser ela, a moça de vestido quadriculado. A mesma que mentiu para vc, mas disse que foi sem querer, tu perdoa ? Diga que sim !

Fez seu doce predileto, uma canção pra você viver mais, só pediu : Tempo amigo seja legal, Conto contigo pela madrugada. Mas não foi ouvida, por que ? Na verdade continuo sob a mesma condição, distraindo a verdade, enganando o coração, só para faze-la feliz. Feliz ela está. Um dia vou ver você chegando num sorriso, você Fernanda. Ainda sim, você ouviu sobre ela, ouviu quem era ela ? Era mais uma que fez tudo pra você gosta dela. Está em um teatro sem cor, fazendo o papel de palhaço do amor. Poderia dizer que conheço, mas não a conheço. Quando tava por terminar, disse que fui por aí. Por nada, foi para você. Fernanda.

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Um cafézinho por favor !

Quando todo mundo está ansioso e esperando uma noticia boa parece que tudo dá errado. O que você precisa para te tranqüilizar acaba de te fazer uma pessoa mais nervosa, e com isso acaba descontando em outras pessoas. Principalmente quando você é azarado!

Parece besteira o que eu estou falando, mas é verdade, todo mundo se irrita quando precisa ouvir uma coisa boa e só escuta esculacho. Vivi esse momento lindo há pouco tempo e não tinha paciência para ninguém. Evitava todos e segurava a bronca. Com isso ganhei uma bela gastrite e mais um esculacho, agora do médico; que me mandou repousar (como se desse) e não prender mais a raiva (com moderação). Entre outros ele me proibiu o café, algo que no meu dia-a-dia tinha grande importância. O que fazer então? Não podia prender a raiva, mas também não podia soltar; que confusão ele me causou. Legal foi ouvir da boca dele me mandar parar de fumar, se nem fumar eu fumo.

Com minha saúde em risco eu vou manerando e me esforçando. Se eu queria uma boa noticia tive uma péssima, rompi o ligamento do dedo da mão direita, logo a boa de escrever. Mas graças a Deus já está tudo bem. Será que posso relaxar agora ou vou sofrer mais um pouco? Que loucura tá minha vida, e nem é loucura poka. Acho que vou aproveitar o momento e pedir um cafézinho.

segunda-feira, 5 de maio de 2008

Para quem gosta de se aparecer

Que o mundo tá cheio de mentiroso, ladrão, bicha, e gente feia todo mundo já sabe, mas agora tem também um novo tipo de pessoa que se destaca, os aparecidos. Uma raça desgraçada que se exibi sem bom senso e sem falta de vergonha na cara. Podendo fazer pessoas rirem, ou não, e trazendo transtorno para muitas outras.
Vejamos o exemplo desse mané do video abaixo; despirocou na cara dura, sem precisar fazer esforço. Tem outros bons exemplos: Big Brothers, ex cantoras que fazem filme pornô com o namorado, alguns jogadores que gostam de sair a noite pra zona ( nada contra o fenômeno ), socialite que fazem aniversário de cachorro, enfim, essa raça tá crescendo cada vez mais e tá ficando difícil de aturar. Por favor, quando quiserem fazer suas porcarias, façam direito, e na miúda. Ouviu Ronaldo ?

video

sábado, 3 de maio de 2008

É bom ser brasileiro?

Será que é realmente bom ser brasileiro? Será que as pessoas gostam do que está se passando? Não vejo ninguém reclamar e motivos temos de sobra. Todo mês a gasolina aumenta, deputados e senadores ganham milhões para trabalhar pouco (o que eles ganham em um mês vc não ganha em um ano ), seu salário nunca aumenta e as taxas sempre estão elevadas ( sem contar que todo mês vc tem que pagar no minimo 48 reais de conta de luz, mesmo sem usar ). Pessoas que trabalham dia e noite, precisam alimentar suas familias e pagar suas contar recebem salários minimos e mal conseguem se virar; só com o jeitinho brasileiro mesmo.
Não tô falando mal do meu país, mas já não dá pra acreditar nele. Pessoas erradas estão no poder ( e tem um analfabeto como presidente ), já basta né; enquanto nós humildes lutamos para sobreviver outros de terno e gravata roubam o que é nosso por direito. Aí quando chegar época de copa do mundo, nos ajuntaremos e comemoraremos a seleção mediocre que temos e esqueceremos dos problemas.( tô mentindo ? ).
Adianto que já está na hora de fazer algo, pois não podemos perder o país para a bandidagem, tanto aquela que pedi para olhar seu carro, e aquele que veste o terno e senta numa sala em Brasília.