quinta-feira, 30 de abril de 2009

15 anos sem o Senna

15 anos se passaram e Ayrton Senna ainda está presente na nossa memória ( será que está mesmo ? ). Eu ainda lembro como que foi aquele domingo tipicamente normal.

Estava vendo a corrida, com o meu pai como sempre, e quando vi aquele acidente não imaginava que seria tão serio, apesar de ter sido muito forte. Na mesma hora ( ou um pouco depois não me lembro ao certo ) meu pai falou que ele tinha morrido. Foi à primeira experiência com a morte que eu tive. Lembro- me de ter chorado quando meu pai me explicou o que realmente era morrer.

Naquela época só tinha duas pessoas que eu admirava Edmundo e Ayrton Senna. Não só para mim, mas para o Brasil foi uma perda imensa, lembro de ver pela TV o enterro, era muita gente. Ayrton Senna ainda deixa saudades pela pessoa que era e pela emoção que nos trazia. Eterno rival de Alain Prost.

Um comentário:

Nycole disse...

As vezes eu me pergunto , como consigo achar essas coisas? Como euzinha achei o blob do Miojo, alias nem sabia que ele tinha um, bem já que tô aqui e vi que o blog tá assim meio sem audiencia, deixo aqui uma mensagem para você, até porque eu não sei se vou fazer a proeza de achar denovo o seublog, mas continue assim é sempre bom escrever.