sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Enganado

Iludido, enrolado, enganado. Por que as palavras me fogem. Pra não dizer a verdade? O culpado fui eu por não ver o erro. Foi erro ou de propósito? Nem sei bem ao certo. Como é que pode. Não estava tudo certo? Não éramos nós e nós éramos tudo. Como eu me permitir isso. Agora vai, cada uma pra um lado. Muito melhor.

Fui enganado, humilhado, distorcido, esquecido, enrolado, passado pra trás. Tudo que não imaginei vindo de quem veio. Deu pra perceber por que eu fui muito tolerante. Como eu passei por isso. Vc me deixou cego. Eu fiquei estou cego. Eu estou cego? Ou será que eu não quero enxergar? Difícil explicar quando a pergunta muda de pra que para o por quê?

Sem problema algum, vc vai pagar por isso. E sem juros e correção monetária, isso é pra quem explora o povo. Vc vai pagar de outra maneira. Eu ainda estou procurando entender. Eu não, mas vc vai saber quando pagar, vai se lembrar de cada coisa. Vai se lembrar de cada momento. Vai se lembrar que o que acontece com vc causou a alguém. Parabéns, vc tinha tudo e vai sair com nada.

Um comentário:

Emilly disse...

Nossa que desilusão!!

1 - o mundo da voltas
2 - compreender p/ ser compreendido
3 - Doi, demora, mas passa
4 - A VIDA segue, nao por mto tempo, reerga-se a cada quedas, enganos e desencontros
5 - I'll never walk alone <3'