sábado, 16 de agosto de 2008

Vivendo, aprendendo e fazendo rascunho

Tem horas que precisamos para e escutar as pessoas, não só por educação mas por necessidade. Odeio ter que afirmar isso, mas as pessoas que vc mais detesta são as que mais te ensinam. Veja por exemplo o Cumpadi Washington, ele nos ensina como não passar vergonha em publico sendo o oposto dele.


Mas enfim, ouvindo uma história, prestei muita atenção e levei em consideração a pessoa que estava me contando ( minha irmã de 6 anos ) que seu jeito de contar podia ser um pouco distorcido do fato mas era o que ela vivia. Apesar do jeitinho ignorante dela, e um poko irresponsável, vi muita pureza no que ela falava. Transferi aquilo para minha vida, percebi que mesmo anotando toda a aula vc vai precisar fazer a pratica, ou seja, não basta saber; tem que fazer.


Mas o que tem uma coisa haver com a outra? É que estamos aprendendo todos os dias, com pessoas que conhecemos e com que nem sabemos quem é. Tinha em mãos um bloco de notas e quando ela me contava aquela história entre ela e sua amiguinha de escola eu fui viajando e traçando metas. Já é hora de correr atrás deles, sem esquecer do papel de rascunho.

Um comentário:

Guilherme disse...

Belas palavras Miojo! Parece até um concelho do Pai Mei!
Mas é isso aí concentre-se em sim mesmo e faça o seu futuro!