quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Carta para um amigo

E ai td bem, tudo certo com vc ? Saudades daquele tempo, o tempo que nada era tão chato. É meu amigo, o tempo passa e a gente sente como se não tivesse aproveitado, como se não tivesse vivido. Depois de muita coisa errada entrei no eixo, fiz a coisa certa, fiz o que deveria ter feito há muito tempo. Perdido? Não, achado.

Tá difícil aqui sabe? Ta realmente embasado, nem tem aquelas pessoas em que podia confiar, nem tem mais aquelas pessoas por quem eu queria brigar. Tudo está se acabando e eu aqui, vendo de camarote. Assistindo tudo se acaba lentamente. Na pior maneira possível, a maneira que ninguém quer que aconteça. Por que fomos tão desatenciosos com o passar do tempo, agora não adianta mais me preocupar.

Desde que vc foi embora fico me perguntando por que éramos tão desprezíveis, éramos só nós e só nós. É amigão, dizem que tudo vai bem quando acaba bem. Mas agora me pergunto se é que vai acabar. Tudo está acabando e não está mudando nada. Vamos esperar até a próxima chance de nos falarmos.

Um comentário:

ºMelº disse...

A pior maneira de alguma coisa acabar, a maneira que ninguém quer que aconteça, é acabar no esquecimento.

Quanto o tempo apaga alguma coisa, deixando-a cada vez mais distante e embaçada de se ver, não importa mais se existiu ou não.