sábado, 2 de julho de 2011

Onde brilhem os olhos seus

Cansei, cansei de procurar. Cansei de achar. Cansei de encontrar. Cansei de mim. Queria mudar. Queria ir pra bem longe, mas quero ficar perto. Cansei de te procurar vida. Queria estar perto. Mais perto. Mais perto de vc. Mais perto de onde vc está. Mais perto de onde eu possa chegar.

Tenho muitos amigos. Tenho tudo que preciso. Ah nem, tudo não passa de ilusão. Estou por ai como sempre. Onde brilhem os olhos seus. Onde eu estava. Perto de tudo. Só quero continuar esse jogo que quem diz que faz e quem realmente faz. Não, eu não estou reclamando. Só acho difícil que, bom deixa pra lá. Linda, feia, ela. Falar o que não se quer falar é difícil.

Estranho que agora me veio na cabeça à lembrança de duas pessoas. Duas pessoas que não se conhecem, não se conhecerão, mas se parecem. Deram uma segunda chance. Uma está distante, a outra está perto, mas tah longe. Tah por ali. Onde é mais fácil. Onde brilhem os olhos seus.

2 comentários:

Anjo Anárquico disse...

Lindo texto, emocionante como todos os outros. Já tive a certeza: isso é um dom. Aproveite e escreva tudo que puder! Parabéns.

Michelle Andrade disse...

O caos(fig) na descrição de seus pensamentos cria inconscientemente enigmas organizados de seus sentimentos.....rsrsrsrs....Parabéns pelos textos!