sexta-feira, 25 de abril de 2008

Diga o que quero ouvir, que faço o que quero falar

Diz o que quero ouvir para eu ficar feliz. Fiquei entediado com a mão engessada e fui jogar bola, nada demais tirando a parte da irresponsabilidade, da minha parte, como sempre fiz gol contra logo de cara, ( não é novidade ) mas continuei jogando. Fiz mais dois gols e Derrepente recebi a bola uns dois metros a frente do meio de campo, chutei e encobri o goleiro, igual a do ronaldinho gaúcho na copa. Quando a bola estava em direção ouvi de um muleke do meu time dizer " ele não vai fazer ". Meu irmão, que golaço ! sai gritando chupppppaaaaaaaaaaaa, muito loko eu fiquei. Mas sempre tem um que vem de uma raça desgraçada pra dizer que foi sem querer, que eu queria cruzar. Pô eu fiz o golaço, méritos meus, mas sempre aparece um viado pra estragar a brincadeira. Mas sempre tem a maioria, e como a voz do povo é a voz de Deus ( coitado, quanta besteira devem dizer usando o nome dele ) ele não resistiu e depois de perdemos o jogo ele disse " É foi um golaço ". Ai logo mandei " eu sei que foi, todo mundo percebeu ". Ele perdeu a oportunidade de ficar quieto, ou por que não disse antes. Diga apenas o que eu queria ouvir.

Um comentário:

Guilherme disse...

É Miojo, concerteza tu é melhor que o Biro-Biro!hehehe
Se liga, adiciona o link do meu blog, q eu adiciono o teu

http://propalog.blogspot.com

valeu...