domingo, 8 de junho de 2008

Achando a felicidade no meio da desgraça

Em meio a infelicidade, o legal é achar motivos para se divertir. Neste sábado eu fui no Estadio Municipal para acompanhar o jogo da nossa gloriosa ADG. O time ainda não havia perdido e tinha uma belíssima campanha. Fui atendendo ao convite de um amigo que faz parte da torcida organizada Gigantes da Ilha.

Tava da hora, zoávamos todo mundo. Zoávamos o time, o sorveteiro, o bandeirinha, o juiz, o técnico, a outra torcida, a nossa torcida. Enfim, era pau na bunda de todo mundo, que agente dizia. A bagunça era tanta que nem vimos a ADG tomar o primeiro gol, nem vimos o pontapé inicial para falar a verdade. A ADG tomou o primeiro gol e ficou atrás do placar o primeiro tempo todo, o que não fez nossa festa mais triste. No segundo tempo a ADG empatou o jogo, mas tomou mais gols também.

Não acredito que sai de casa para zincar o time, pensava eu, era 4 x 1 para o time de Taboão da Serra e ninguém mais ligava, a festa já tava feita. E ainda conseguimos encontrar um bueiro no fim do poço, o goleiro tomou um frango e ficou 5 x 1 para Taboão da Serra. Mas não teve problema, a nossa festa estava ótima, enquanto eles comemoravam agente gritava:'' ão ão ão pau no c* do Taboão”. Perdemos o jogo mas não perdemos a piada, ou melhor a festa. Em meio a tristeza ganhamos o dia zuando todo mundo. Seria bom se todo dia fosse assim.

Um comentário:

Mestre disse...

Os caras já são ruim das pernas, vcs ainda vão lá pra zuar a ADG, é sacanagem!!